X
#TudãoDaLola

#TudãoDaLola – Troco Likes

29 de outubro de 2015 0

Cheiro de peixe frito entrando pela janela. Dependendo da hora do dia, da sua fome e da sua relação com peixe frito isso pode ser uma coisa boa ou uma coisa ruim. Você curte?

Hoje o meu café da manhã não tinha peixe frito, mas estava digno de um post de Instagram. Uma crepioca musa com pasta de castanha de caju e ervas, decoração e prato colorido pra dar contraste, filtro e hashtag. Mesmo que de sabor não estivesse tão bom porque o que eu queria mesmo era alguma coisa doce. Mesmo que lá fora estivesse chovendo e aqui dentro eu não estivesse tão bem assim. A foto – se tivesse sido tirada – teria ficado linda, com várias pessoas curtindo, algumas comentado e outras que expressariam em silêncio uma pequena inveja do meu café saudável enquanto deslizariam com o dedo para o próximo post. E se alguém tivesse me ligado pra perguntar eu diria sim, querido, está tudo bem, fiz um café da manhã delicioso, você viu já viu lá no insta? Então curte.

Cheiro de peixe frito entrando pela minha janela. Não curti.

Acordei sozinha, mais tarde do que gostaria. Queria ter feito exercício mais cedo e não fiz. O tempo está cinza e eu queria pão com manteiga e mel na torradeira pra combinar, mas pão não pode. Tadinho do glúten. Tomei café da manhã sozinha com cheiro de peixe frito entrando pela janela. Não que eu não goste de peixe.

Curte lá.

1196px-Facebook_like_thumb

Olha a foto do Rio de Janeiro que linda. Olha como eu tenho uma vida aventureira no Rio. Foi tirada de um helicóptero, enquanto eu tirava uma soneca gostosa na semana passada (Crédito: Bruno Travers). Através das redes sociais, mostramos a nossa vida pro outro exatamente da forma como desejamos que ela seja vista. Somos todos ricos, lindos, bem sucedidos, saudáveis, bronzeados, sorridentes, cheios de amigos, de amor, de paz, de gratidão, festas, bebedeiras, carros, posturas de yoga, de roupas, por do sol e o que mais sucesso significar pra cada um.

Ninguém tem cheiro de peixe frito entrando pela janela.

Sinto que nos afastamos (e isso me inclui profundamente) da nossa essência verdadeira numa tentativa de mostrar para o outro uma forma bem sucedida daquilo que queremos ser. Uma versão editada, revisada, com cortes, mil filtros.

Parece que quanto maior meu esforço pra mostrar isso, pra receber amor, atenção ou sei lá o que eu busco através disso, maior o buraco, a solidão e a angústia que sinto. A nossa noção de sucesso atualmente está diretamente relacionada ao número de pessoas interessadas na sua vida (número de seguidores) e ao número de aprovação de conteúdo gerado por você (número de likes e comentários). Dessa forma, coloco toda a responsabilidade da minha felicidade no outro. Fica impossível estar em paz. Por isso o buraco só aumenta… Nunca vou conseguir satisfazer o outro, caralho. Nem Jesus conseguiu.

jesus

Tento me lembrar de época que eu não tinha Facebook, que eu não tinha Instagram, que eu não precisava checar meu Whatsapp a cada 5 minutos. Não me lembro mais, estava muito ocupada vivendo.

5
The following two tabs change content below.
Alguém ou algo (vai saber) com sérias dificuldades para se descrever. Vamos tomar um café?

Latest posts by Lola Claure (see all)