X

mulheres

Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – Sexo no Primeiro Encontro
23 de novembro de 2015 at 04:26 0

Até muito pouco tempo atrás – dependendo da relatividade do “pouco tempo”, já que este tem passado tão rápido – eu achava que o sexo casual, sexo pelo sexo, sexo com alguém que eu acabara de conhecer era tão fadado ao fracasso quanto o sexo obrigatório de anos de uma relação que já não tem futuro. Eu via isso como um ato de desespero, como uma fuga de mim mesma. E, por muitas vezes, talvez tenha até sido. Mas, com o passar desse tempo cruel que não para, não importa o que aconteça - e com a maturidade batendo à porta – eu descobri que pode sim existir uma parcela mínima – menos que ínfima – de algum tipo de amor nesse ato tão impulsivo de entregar seu corpo e seu prazer à alguém de tão pouca intimidade. Mas o que é a intimidade, não é mesmo? Ela tem que começar de algum lugar. Eu não seria leviana em afirmar que isso está certo ou errado, afinal, quem sou eu na fila do pão? Mas eu, como boa geminiana curiosa e ouvinte das historias e experiências alheias, percebi que existem muitas historias de amor de sucesso que começaram não de um jantar romântico, nem de uma rosa vermelha, muito menos de um cavalheirismo em forma de um anel, mas sim de uma noite tórrida de sexo que, a princípio, tinha como único objetivo gozar. Vai saber, vai entender!! A única certeza que eu tenho é que pra nada nessa vida existe regra. O amor pode sim ser sexualmente transmissível, transmissível pela pele, pelo gosto, pela saliva, pelo cheiro, pelo toque, e, por que não, pelo gozo. A vida é curta demais pra que percamos tempo nos preocupando com convenções ou com o que a sociedade irá pensar ou como ela irá julgar nossos atos, que são nossos e de mais ninguém. Nossas vontades e desejos são pessoais e intransferíveis, isso significa que ninguém, absolutamente ninguém tem o poder de mudar nossas ânsias – infelizmente pra alguns conservadores, mas felizmente pra nós mesmos, pois só nós podemos assassinar toda e qualquer fome que nosso corpo venha a sentir. E, vamos combinar: ninguém tem nada a ver com isso!

CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – Todas as solteiras!
29 de setembro de 2015 at 02:05 0

As suas amigas estão todas namorando. Seus amigos também. Seus amigos estão namorando suas amigas. Até aquela sua amiga introspectiva e cafoninha, até aquele seu amigo nerd e sociofobico. Você sai pra dançar e só vê casais, vai correr na praia, mais casais, vai ao cinema numa terça-feira à tarde achando que conseguirá se livrar dos pombinhos – ledo engano. Eles estão por todos os lados. Os casais apaixonados, trocando juras de amor e pendurando cadeados cheios de promessas pelas pontes do mundo, brotando o tempo todo em qualquer lugar e a qualquer hora. E você parece ser a última das solteiras. Toda vez que você encontra sua vizinha no elevador - aquela que é casada com um personal training e tem um casal de Golden Retrievers – ela pergunta com aquela cara lavada de quem acabou de transar em todas as posições e em todos os cômodos do apartamento: “E, aí? Arrumou um namorado?”. Em todo jantar de família todos os seus entes – não muito – queridos, incluindo a sua tia gorda e solteirona – porque todo mundo tem uma – fazem questionários intermináveis sobre quando você terá um marido, filhos, papagaio e periquito. Então não te resta mais nada a fazer a não ser encher a barriga de churrasco e banana flambada, afinal de contas foi só por isso que você foi e acaba a noite deprimida e arrependida de tantas calorias consumidas. Conforme sua solteirice vai durando, você vai aprendendo a contornar essas situações, inventa um namorado factoide pra família, diz que ele ta sempre viajando a trabalho, afinal ele é um homem de negócios, coloca música alta todas as noites, fazendo da sua cama uma cama elástica enquanto geme, uma noite em inglês, outra em italiano, outra em mandarim, pra sua vizinha achar que você pega um gringo diferente por dia, manda flores pra você mesma no meio do expediente e faz mistério pras colegas de escritório, e assim por diante. Porque é preciso sobreviver, mas obviamente isso é temporário, todas nós sabemos que, de uma hora pra outra, tudo pode mudar, de repente, assim, não mais do que de repente, você pode tropeçar em alguém que poderá fazer parte da sua vida pro resto da sua vida, enquanto o resto da vida de vocês durar!!! Ah, mas aí, meu bem, tem que ser alguém que valha muito, mas muito a pena porque, vamos combinar, ficar solteira não é tão ruim assim! Sair e voltar a hora que quiser, beijar o primeiro que te tirar pra dançar – o segundo também -, não dever satisfação, ser paquerada sem culpa e saber ser feliz por conta própria. Salve as solteiras!

CONTINUE READING ...
#LookDoDia
#LookDoDia – O eterno estilo Pin-Up!
25 de agosto de 2015 at 04:51 2

O estilo pin-up é um dos mais lindos e atemporais que existe: nunca sai de moda!

Há pesquisas que dizem que o estilo surgiu em meados de 1890, mas foi na década de 40 que elas viraram moda e tendência mundial esbanjando sensualidade em posters que eram pregados nas paredes, daí o termo “pin up”, que significa “ser pendurado”.

look_pinup_10

Curvas voluptuosas, batom vermelho, cachos glamorosos, saltos altos, uma cara inocente com um jeito todo provocante são algumas marcas do estilo Pin-Up!

Convidei minha amiga @MadduMagalhaes pra fazer um ensaio ao estilo pin-up comigo! E entrei na onda pra combinar com ela!

Quem cuidou dos nossos looks foi o nosso stylist @TeddyZany e as fotos são do nosso querido fotografo  @MoisesLeal. Quem cuidou do nosso visual foi o especialista em beauty @SennaRafael!

look_pinup_7

Dá uma olhada nas fotos e em alguma dicas que eu separei pra você montar seu look Pin-Up e AR-RA-SAR também! Mandem as fotos com a tag #BlogDoMaicon pra gente ver e curtir no Instagram!

Meu look completo: Calça - American Apparel / Tênis - H&M / T shirt - Hermoso Compadre / Camisa jeans - Brow Five

O Look da Maddu: Sapato - Loucos e Santos / Brinco - Dayrell / Body - Lybethras / Short - brechó

look_pinup_8

Dicas para a maquiagem pin-up: Batom marcante, delineador e cílios marcados. Ou seja, capriche na cor do batom. Não gosta de vermelho? Usa um rosa, laranja ou violeta claro que você vai arrasar. Muito delineador pra ficar com olho de gatinho e dá-lhe rímel pra alongar e encher bem os cílios!

look_pinup_6

O que vestir?

Você precisa de roupas que marquem bem suas curvas! Roupas estilo "A", sabe? Mais justas em cima e arredondadas em baixo. Camisetas listradas, calças ou saias de cintura alta e bem marcada, saia rodada.. vale tudo! Abuse das estampas de poá (bolinhas), listras ou xadrez! Body, vale? vale! Olha como ficou lindo! look_pinup_4 Acessórios: O acessório mais assertivo que você pode usar num look Pin-Up são as bandanas! Elas são um charme. O nozinho das bandanas podem ficar para cima, no topo da cabeça, ou para baixo, escondidos debaixo do cabelo. Fica lindo de qualquer maneira! look_pinup_3 E os meninos? Pra sair ao lado de uma menina Pin-Up você precisa caprichar no seu visual também! Pra começar um bom topete, se possível, vai cair super bem pro look do casal! Procure usar cores neutras com apenas alguns detalhes coloridos, pra não brigar com o look da sua gatinha Pin-up e vocês dois virarem um casal muito colorido! look_pinup_5 Podem usar uma t-shirt com alguma estampa legal ou camisa com detalhes em xadrez ou floral como eu usei. No pé, ela vai de salto alto, claro, e você vai ficar ótimo se usar um all star ou algum tênis mais colorido! look_pinup_2 O Look da Maddu: Sapato - Loucos e Santos / Brinco - Dayrell / Body - Lybethras / Short - brechó look_pinup_9 Meu look completo: Calça - American Apparel / Tênis - H&M / T shirt - Hermoso Compadre / Camisa jeans - Brow Five look_pinup_1 Meninas e meninos, se tiverem dúvidas, comentem aqui! Eu e Teddy vamos ajudar vocês e montar looks lindos! e postem suas fotos com a tag #BlogDoMaicon :) beijos e até o próximo look!
CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – POR QUE AS MULHERES VÃO JUNTAS AO BANHEIRO?
17 de agosto de 2015 at 16:49 0

Desde que o mundo é mundo, penso eu, as meninas vão juntas ao banheiro. Antigamente era necessária uma bela ajuda pra abrir o corselete, levantar as anáguas, talvez seja uma herança cultural dessa época. Não importa. O fato é que, SIM, é um hábito entre as amigas irem juntas ao banheiro, seja pra fofocar, seja pra segurar a porta e/ou a bolsa, seja pra trocar dicas de maquiagem, seja por pura companhia mesmo. Mais fato ainda do que isso é a capacidade do imaginário masculino em criar “porquês” para essa simples questão, uma vez que isso não é hábito entre os meninos, até porque, vamos combinar que essa tarefa é, de longe, muito mais simples para os meninos do que para as meninas. Eles não têm a menor ideia do que é fazer xixi em banheiros públicos quando se tem uma vulva no lugar de um pinto, principalmente quando estamos super em dia com a depilação – visto que a falta de pelos desordena demais o jato, causando alguns desastres como, por exemplo, mijar no próprio pé -, quando estamos usando meia calça, saia comprida, que arrasta no chão – o que pode virar um desastre escatológico -, bolsa, colares, cabelo solto, na humilhante posição de cócoras, apoiando nas paredes gordurosas pra não corrermos o risco de cairmos sentadas, principalmente se já abusamos um pouquinho das bebidas alcoólicas, se chacoalhando porque nunca tem papel.

Ufa! Fico exausta só de imaginar. Isso tudo também explica a nossa demora no banheiro, coisa que os meninos também nunca vão entender. Enquanto isso eles ficam criando minhocas em suas cabeças, deixando a imaginação correr solta sobre o assunto, que diabos as mulheres fazem juntas no banheiro? Explicar? Deixa a imaginação deles correr solta, qualquer que seja ela é um cenário muito mais agradável do que o real. Bobinhos.

https://www.youtube.com/watch?v=r4KD0Xkbnyo
CONTINUE READING ...
#LookDoDia
#LookDoDia – O bom e velho ALL STAR!
12 de junho de 2015 at 20:35 0
Aos que não gostam de usar All Star... Meus pêsames! Um tênis confortável, estiloso, disponível em vários modelos, estilos, cores e texturas que vocês podem combinar COM TUDO!!! Do mais básico ao mais estiloso, um All Star sempre cai bem! all-star-estilo-como-usar-converse-all-star-meninos-homens- Meninas e meninos, dicas de looks pra vocês usarem e abusarem do All Star! Um peça ótima pra se ter no ármario! Vale salientar que existem várias marcas que tem o mesmo estilo do All Star da Converse e que tá valendo também! Pony, Cavaleira, Adidas.. várias linhas possuem modelos que estão no mesmo estilo! Então, vamos aos looks! Com Shorts Croped, vai? vai! all-star-shorts-cropped-look-como-usar Legging Básica também? Super! all-star-legging E um macacão estiloso.. o que por no pé? All Star! ??????????????????????????????? Quer coisa mais fofa do que um All Star com um vestidinho? Praticamente a nova Cinderela! Fofo! all-star-vestido-como-usar-estilo Use, abuse, se joga! all-star-estilo-como-usar-converse-all-star-003 all-star-estilo-como-usar-converse-all-star-combinar Meninos! Agora é a vez de vocês! Com bermuda, calça, blazer, colorido ou mais discreto... vamos ser estilosos! all-star-estilo-como-usar-converse-all-star-meninos-homens-4 all-star-estilo-como-usar-converse-all-star-meninos-homens-3 all-star-estilo-como-usar-converse-all-star-meninos-homens-2 Gostaram? Eu tenho vários all stars em casa e já montei muitos looks com eles! O meu #LookDoDia de hoje quis ser básico. Todo preto, uma T-shirt estilosa e meu All Star mais básico e clássico de todos! O preto com branco. look_7_maicon_2 Quem montou esse look incrível foi o Stylist  @TeddyZany  e fotos do nosso querido fotografo  @MoisesLeal!  Meninos e meninas, mostrem seus looks pra gente com a tag #BlogDoMaicon O meu look completo: Jaqueta – Ellus / Tênis – All Star /  Calça – American Apparel / T-shit - Ellus / Anel - Guerreiro / Pulseira - Armadilho look_7_maicon_4 look_7_maicon_7 Jaqueta – Ellus / Tênis – All Star /  Calça – American Apparel / T-shit - Ellus / Anel - Guerreiro / Pulseira - Armadilho look_7_maicon_5 look_7_maicon_6 look_7_maicon_1 Jaqueta – Ellus / Tênis – All Star /  Calça – American Apparel / T-shit - Ellus / Anel - Guerreiro / Pulseira - Armadilho look_7_maicon_8 look_7_maicon_3 E aí, curtiram meu look? Mostrem o de vocês também com a tag #BlogDoMaicon! beijos e até o próximo look! Créditos da pesquisa: Just Lia / Museu Para Garotas / ONNE Mens's lifestyle / Mundo das Tribos
CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – A Fórmula Do Amor
13 de abril de 2015 at 00:45 1
O "Amor no Ventilador" é um Vlog da minha linda prima @TatiPasquali, que você precisa conhecer! Lá ela fala de homens, amores, sexo e tudo mais de um jeito bem divertido! A Tati sempre gostou de escrever e, diga-se de passagem, faz isso muito bem! Convidei ela pra toda semana postar um texto aqui no Blog sobre relacionamentos! O texto de estreia fala sobre a nossa eterna, ou não, saga para encontrar um amor!

#afórmuladoamor

Quanto mais o tempo passa mais difícil se torna a arte – sim, é uma arte - do se relacionar. Não sei se a culpa é da geração tecnologia, se a culpa é da segunda década do milênio, se a culpa é das estrelas ou se é porque estou ficando velha mesmo. Escrevo em primeira pessoa simplesmente porque sou eu quem escreve, mas ouso arriscar que esse problema não abate apenas à minha pessoa. Conheço um número significativo de pessoas - sejam heteros ou gays, homens, mulheres ou árvores - que não consegue e até já desistiram de encontrar a metade da sua laranja.

A pergunta é: precisamos mesmo ter aquela pessoa exclusiva pra ocupar o lugar de nosso parceiro? Amigos temos muitos, irmãos, familiares, colegas de trabalho, etc, mas namorado - pelo menos no Ocidente e pelo que reza as boas condutas sociais - só podemos eleger um único. Precisamos dele pra conduzir nossas vidas, pra ganhar dinheiro, pra termos sucesso profissional, pra termos filhos? Não, não precisamos. Os tempos são outros e de “precisância” nesse aspecto não sofremos. Mas queremos. Com todas as nossas forcas, com todo o nosso corpo, alma e coração - queremos! Aquela pessoa que vai acordar com a gente todas as manhãs sem ligar pro nosso bafo matinal e pro nosso cabelo embaraçado, aquela pessoa que vai nos acompanhar no show do Pearl Jam e vai cantar todas as músicas com a gente, seja ao pé do ouvido ou quicando e gritando, aquela pessoa que vai nos surpreender vez ou outra com uma gérbera ou que vamos surpreendê-lo com uma lingerie novinha e pequenininha. Aquela pessoa. Aquela única pessoa. Que vai habitar todos os nossos sonhos e projetos de vida a partir de então. Aí foge à nossa compreensão porque existem 7 bilhões de pessoas no mundo e ainda assim nos parece que não há quem se encaixe nos nossos paradigmas.

Um tem um ótimo papo, o outro é excelente na cama, o terceiro sabe fazer a melhor massagem, e um outro ainda gosta das mesmas exatas coisas que a gente e um último, que arranha algumas músicas no violão. Mas se você ganhar uma promoção da sua rádio favorita, que lhe da um pacote de um fim de semana em Búzios numa suíte presidencial com direito a passeios românticos de lancha, você percebe que não tem ninguém pra levar, não que você não tenha ninguém, as possibilidade são muitas, mas nenhum é capaz de reunir todas as qualidades – e defeitos - que o elegeriam A pessoa. E então você convida sua melhor amiga solteira. Vai ter um fim de semana perfeito? Vai. Porque a sua amiga é foda! Mas vai ficar com aquele gostinho de que alguma coisa falta. Sexo bom nunca me pareceu algo difícil de encontrar, mas sexo bom mesmo é aquele que, quando termina, você não tem o desejo de que a pessoa vire um petit gateau com muita calda de chocolate. Se relacionar afetivamente é quase uma matemática, você precisa sentir muito tesão pela pessoa, gostar do papo, gostar da mesma culinária, dos mesmos programas, da mesma música, estar disponível e disposto pra ter uma relação e tudo, absolutamente tudo, precisa ser recíproco. E qual a probabilidade desse encontro acontecer? Essa matemática me escapa, não sei dizer. Ninguém sabe. Nem Stephen Hawking. E a cada nova pessoa que conhecemos vamos jogando tudo isso numa balança - que de precisa não tem nada. Até a Apple esta tentando nos ajudar nesse jogo, criando a cada dia, um novo App pra tentar nos dar um atalho no longo caminho da procura pelo par perfeito.

A Fórmula do Amor

Na maioria das vezes tentamos, a todo o custo e com muito esforço, jogar ao outro a responsabilidade pelo não acerto ou pelo fim da relação que, na maioria das vezes, nem começa direito antes de acabar de vez. Culpamos o coitado do nosso indicador, chamando-o de podre (calúnia!), culpamos as circunstâncias, Deus e o universo. Culpamos as redes sociais que oferecem os perfis como menus, abrindo muitas possibilidades e aumentando o numero de rivais, culpamos o censo pela quantidade de gente no mundo e assim por diante, mas no fundo, beeeem no fundo, sabemos que nós mesmos desaprendemos a nos relacionar. Nossa carência se tornou maior que nossa razão, ela nos cega a ponto de nos machucarmos da exata mesma forma várias vezes, entrando num padrão de escolhas equivocadas, correndo atrás do próprio rabo. Nada parece resolver o enigma do sucesso afetivo e, muitas vezes, nos torturamos muito mais com as falhas alheias do que com as nossas. Nos tornamos vilões - Essa menina gordinha tem namorado e eu não? Essa mulher cafona é casada?.

Viramos mocinhos católicos - Eu sou tão bonito (a), inteligente, interessante, interessado (a), carinhoso (a), cozinho bem, trepo bem e muitas etcéteras... Então  porque ninguém me ama? Por que ninguém me quer? E pior – por que eu não quero ninguém?.

Por quê? Por quê? São muitos os por ques separados e quase nenhum porque junto. Ainda vamos encontrar a fórmula do amor, ela certamente está escondida num lugar onde a gente nunca ousou procurar – dentro de nós mesmos.

Por Tati Pasquali.

CONTINUE READING ...