X

jesus

#TudãoDaLola
#TudãoDaLola – Dólar cai para R$1,50 após lançamento da banda pop de Aécio
4 de setembro de 2015 at 00:02 0
A aposto da banda é a música melô-do-impeach que em menos de 24hrs alcançou o top 10 das rádios. E mais: Faustão pede demissão da Globo e assina contrato com a Record. Jesus ressuscita e afirma que é gay. Descobriram nova técnica que permite que você lamba seu cotovelo e tenha orgasmos múltiplos. Você leu a chamada, clicou, esperou o texto carregar e bum! Eu não vou falar sobre nada disso. Quebra de expectativa. pegadinha Aconteceu a mesma coisa comigo quando comprei um ralador de legumes na internet porque queria fazer macarrão de abobrinha. O ralador chegou e tudo o que eu consegui fazer foi esmagar abobrinhas com ele. Nada de fatiar pra ficar que nem macarrão. EXPECTATIVA: Um jantar saudável com macarrão de abobrinha caseiro. REALIDADE: Fome. E uma pia cheia de pedaços amassados de algo que um dia foi um legume.

acordando-realidade

Enquanto eu criava expectativa com o meu querido ralador, você criava expectativa com o seu namorado(a) que não agiu como você queria, com o restaurante que disseram que era ótimo e a comida veio fria, com o novo emprego naquela empresa que ganhou o prêmio de 10 melhores lugares pra trabalhar mas não era nada disso, com sua família, com seu melhor amigo ou com o seu cachorro, que não sentou quando você mandou. Foda né? Acontece. Expectativa está ligada ao futuro, numa ideia que formamos e que esperamos/queremos que aconteça. Algo super importante pra você vai acontecer. Aí o tal momento chega e nada é como você imaginava. Pimba! FRUSTRAÇÃO. Quando eu era criança, criava tanta expectativa em cima do meu primeiro dia de aula do ano que não conseguia dormir à noite. Virava a madrugada pensando em como iria ser, quem seria minha nova professora, se os novatos seriam legais, como ia ser o recreio, qual seria a sala. O primeiro dia de aula era sempre horrível, porque eu estava acabada de sono. E lá estava ela, sentada em silêncio na mesa ao lado, FRUSTRAÇÃO. Enquanto estamos nos frustrando, deixamos de perceber que apesar das coisas não terem acontecido como o nosso planejado, diversas outras novas possibilidades estão surgindo ali ao mesmo tempo. E quer saber? Pode ser mais incrível que o meu macarrão de abobrinha. Sabe a aquela sensação quando algo completamente inusitado e inesperado acontece? Ficamos bobos, felizes e vivos, como nunca. Quando o acontecimento é ruim, ficamos desesperados. Mas nos sentimos vivos, mais vivos do que nunca. Imagina se o mundo fosse todo de acordo com nossas expectativas? Seria preto e branco, sem graça. Nada ia te deixar inseguro, nada te daria calafrios, nada tiraria seu ar e te empurraria pra fora da sua zona de conforto. Tudo seria… como planejado. E pensando por esse lado, que bom que é assim. A gente planeja tudo, faz planilha, calcula os riscos, orça, liga, verifica, verifica de novo, mas aí vem a vida e te surpreende, sempre. Furando seu pneu, te atrasando, acabando com a bateria do celular, não entregando a mensagem que você enviou, te fazendo perder o amor da sua vida ou a passagem de avião praquele lugar que você sempre quis ir. Agora, como não criar expectativas? Não sei.  Quem deu me deu a ideia de escrever esse texto foi um amigo que acredito que saiba mais sobre isso do que eu.  Talvez vocês devessem aprender com ele. Eu também.  Talvez fosse ele quem deveria estar escrevendo ou talvez não, porque quem está escrevendo sou eu. Então talvez depois desse texto ele me ensine como é e talvez eu escreva um novo texto ensinando vocês, ou não. Sem expectativa. Quanto as abobrinhas, eu corto em cubinhos, refogo e invento outra receita em dois toques. Talvez eu descubra uma nova modalidade de abobrinha nunca vista antes na culinária ou talvez eu queime e exagere no sal. Talvez seja apenas um jantar. Todas as expectativas e nenhuma ao mesmo tempo. Bon apettit.   macarrao-abobrinha  
CONTINUE READING ...