X

casais

Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – Todas as solteiras!
29 de setembro de 2015 at 02:05 0

As suas amigas estão todas namorando. Seus amigos também. Seus amigos estão namorando suas amigas. Até aquela sua amiga introspectiva e cafoninha, até aquele seu amigo nerd e sociofobico. Você sai pra dançar e só vê casais, vai correr na praia, mais casais, vai ao cinema numa terça-feira à tarde achando que conseguirá se livrar dos pombinhos – ledo engano. Eles estão por todos os lados. Os casais apaixonados, trocando juras de amor e pendurando cadeados cheios de promessas pelas pontes do mundo, brotando o tempo todo em qualquer lugar e a qualquer hora. E você parece ser a última das solteiras. Toda vez que você encontra sua vizinha no elevador - aquela que é casada com um personal training e tem um casal de Golden Retrievers – ela pergunta com aquela cara lavada de quem acabou de transar em todas as posições e em todos os cômodos do apartamento: “E, aí? Arrumou um namorado?”. Em todo jantar de família todos os seus entes – não muito – queridos, incluindo a sua tia gorda e solteirona – porque todo mundo tem uma – fazem questionários intermináveis sobre quando você terá um marido, filhos, papagaio e periquito. Então não te resta mais nada a fazer a não ser encher a barriga de churrasco e banana flambada, afinal de contas foi só por isso que você foi e acaba a noite deprimida e arrependida de tantas calorias consumidas. Conforme sua solteirice vai durando, você vai aprendendo a contornar essas situações, inventa um namorado factoide pra família, diz que ele ta sempre viajando a trabalho, afinal ele é um homem de negócios, coloca música alta todas as noites, fazendo da sua cama uma cama elástica enquanto geme, uma noite em inglês, outra em italiano, outra em mandarim, pra sua vizinha achar que você pega um gringo diferente por dia, manda flores pra você mesma no meio do expediente e faz mistério pras colegas de escritório, e assim por diante. Porque é preciso sobreviver, mas obviamente isso é temporário, todas nós sabemos que, de uma hora pra outra, tudo pode mudar, de repente, assim, não mais do que de repente, você pode tropeçar em alguém que poderá fazer parte da sua vida pro resto da sua vida, enquanto o resto da vida de vocês durar!!! Ah, mas aí, meu bem, tem que ser alguém que valha muito, mas muito a pena porque, vamos combinar, ficar solteira não é tão ruim assim! Sair e voltar a hora que quiser, beijar o primeiro que te tirar pra dançar – o segundo também -, não dever satisfação, ser paquerada sem culpa e saber ser feliz por conta própria. Salve as solteiras!

CONTINUE READING ...