X

Amor No Ventilador

#FaloMesmo, #Maicaquices, Amor No Ventilador, News
O QUE AS MULHERES QUEREM
9 de março de 2016 at 17:52 0
Para o Dia Internacional da Mulher, convidei algumas mulheres muito especiais pra falar sobre ser mulher e a luta feminista. Bianca Muller, Jessica Tauane, Bia Medeiros, Thatu Nunes e Tati Pasquali estão aqui representando todas vocês mulheres, lindas, fortes e dignas de todos os direitos e igualdades! Impressionantemente no mundo atual muitas mulheres ainda vivem situações de opressão dignas da idade média e não compatíveis com o século vinte e um e toda informação a que temos acesso. É sempre importante trazer estes temas à tona e discuti-los, não só no dia da mulher, mas todos os dias do ano. Mulheres merecem voz e direitos iguais a todos. Parabéns Mulheres pelo Dia Internacional das Mulheres, pelas lutas já conquistadas e pela força incansável em lutar para conquistar o que lhes é justo, mas ainda é estupidamente negado por uma sociedade retrógrada e machista. Assistam ao vídeo e se inscrevam no canal!
CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – 10 Razões para ser Gay
29 de janeiro de 2016 at 21:09 0

Eu amo gays. Sejam eles homens, mulheres, trans. Gay é vida. Sempre fui amiga de gays, moro com um gay e inclusive sou irmã de uma. Pra mim não existe o "diferente" ou a "minoria" e sim o igual. E, pra mim, gays são iguais a todos. E, óbvio, que apesar da brincadeira do título, todo mundo sabe que ninguém "se torna" gay. Quem é gay nasce gay, cresce gay e vive gay! Dentro ou fora do armário, serão sempre gays! Como artista, tive a sorte de crescer em um meio onde o preconceito é um pouco menor e luto por um mundo onde eles sejam tratados como iguais.

Portanto, seguem dez lindos e divertidos motivos pra ser gay! Com muito orgulho! E aposto que você pode citar vários outros! Comenta aí :)

1 – Você pode dormir na casa do seu namorado sem levar uma muda de roupas, você pode usar as roupas dele.

gay1

2 – Se você é menina você pode chegar pro seu pai e dizer: Pai, sou gay! Mas pensa pelo lado positivo, pelo menos não tem ninguém me comendo! (não do jeito que você conhece.. rs)

gay2

3 – O Ménage à Trois é muito mais democrático.

gay3

4 – É a obrigação de quem pagar a conta? Abrir a porta do carro? Estar depilado? Existe essas obrigações?

gay4

5 – Não tem golpe na barriga.

gay5

6 – No casamento gay não tem estrela, ou são duas noivas ou nenhuma.

gay6

7 – Os homens gays têm a força do homem e a sensibilidade da mulher.

gay7

8 – Tem muito gay por aí pegando mais mulher do que os heteros.

gay8

9 – Gay pode usar camisa rosa e ouvir Lady Gaga sem ninguém encher o saco.

gay9

10 – Os gays fazem o melhor sexo oral do mundo! Sejam homens ou mulheres!

gay10

Veja o vídeo que fiz falando sobre isso:

Beijos e até o próximo post! Tati :)
CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – Troco Nudes
20 de janeiro de 2016 at 03:17 0

Quem nunca, né?! Quem nunca mandou, quem nunca recebeu?! Às vezes é irresistível mesmo, excitante, provocador! Mas é necessário seguir algumas dicas pra não correr riscos, porque essa brincadeira sedutora pode sair do controle e gerar bullying e constrangimentos desnecessários – que não queremos, não é mesmo? Não confie em ninguém, hoje você pode estar namorando e trocando nudes com seu(sua) namorado(a), mas amanhã vocês podem terminar e a pessoa pode querer te sacanear e jogar sua foto nas redes. Acontece todos os dias! Então, me parece bastante inteligente que você não mande nudes mostrando seu rosto, da um close nas partes íntimas e poupa sua carinha, porque, digamos que se sua bunda viralize, você pode negar até a morte que aquela bunda é sua, que aquele pinto é seu, etc.. Porque eu nunca vi pegar mal pra homem porque vazou nude, mas mulher é sempre muito zoada, então, meninas, se preservem!!

Muita atenção na hora em que você for mandar um nude via Snapchat pra alguém, num segundo de distração você pode errar o destino e enviar para toda a sua história. E o print tá aí pra isso! Então fique ligado! A menos que você não se importe de fazer a alegria da galera! E meninos! Não mandem nudes sem aviso prévio, sem saber se a pessoa quer de fato ver sua piroca. Nudes surpresinha, principalmente quando vocês não têm muita intimidade só vão servir pra dar um susto e/ou causar uma gargalhada e/ou causar nojinho.

Grata!

Assista ao vídeo com mais dicas e relatos de situações engraçadas acerca do tema e bom nude pra você!

CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – AH! O Natal!
23 de dezembro de 2015 at 20:02 0
Natal é sempre muito gostoso! Família reunida, comes e bebes pra dar e vender, abraços emocionados, troca de presentes e, claro, alguns micos básicos! A começar pelo amigo secreto no que, ao meu ver, você pode acabar pra sempre com uma relação familiar ou de amizade dependendo de como você vai descrever seu amigo. Cuidado também pra não beber demais e acabar revelando coisas muito íntimas a respeito de algum parente, como, por exemplo, uma herpes em algum lugar obscuro que a pessoa eventualmente adquiriu ao longo do ano e acabou te confessando. Com alguns cuidados e algumas papas na língua e um pouco menos de teor alcoólico no sangue, tenho certeza que você terá um belíssimo Natal!
Á todos os leitores do Blog do Maicon e à todos os fãs do Amor no Ventilador um lindo Natal, cheio de coisas gostosas, amor, afeto, aceitação, cumplicidade e boa sorte. Bora se amar, gente! Bora se amar e fazer muito sexo gostoso!
 
CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – Um vício chamado Paixão!
1 de dezembro de 2015 at 18:51 0

Tô Apaixonada!

Nada, nada, NA-DA nos deixa tão felizes e dispostos como quando estamos apaixonados – e correspondidos, obviamente, do contrário teríamos o desejo de uma morte rápida e fulminante. Quando nos encontramos nesse estado de plenitude o céu é mais azul, a vida é mais colorida, o canto dos pássaros é mais bonito e foda-se o cheque especial, a derrota do seu time, o dedo que você cortou abrindo a lata e que ainda continua sangrando porque o que interessa é que eu te amo e com você meu mundo fica completo! (Suspiros! Muitos suspiros!!). Realmente, inegavelmente e indubitavelmente é a mais delícia das delícias! É mais gostoso que sorvete de chocolate, cerveja gelada e brisa de verão. Mas – convenhamos -, que acompanhada dessa sensação de completude está o chão que insiste em sumir debaixo dos nossos pés e o medo de cair num buraco negro sem fim caso esse história de amor acabe tão logo começou. A paixão é toda capaz de tirar nossa paz e o ar dos nossos pulmões sem nos colocar nada no lugar. Seja por medo de perder a pessoa amada ou seja por pura saudade mesmo, porque, numa hora dessas tudo o que queremos é estar 25 horas por dia colados com o ser amado, respirando o mesmo ar, vendo o mesmo céu, sentindo a mesma temperatura e ai, desse universo tão cruel que ousa nos separar ainda que seja por algumas horas. A sensação é de morte eminente. Mas calma! Isso acontece com todo mundo e é cientificamente explicado. Esse estado de paixão absoluta altera nossos hormônios por completo a ponto de nos deixar em estado de abstinência quando estamos longe da pessoa, como na ausência de uma droga pra um dependente químico. Acha exagero? Antes fosse. O estado da paixão está bem ali, metida entre os vícios e os transtornos obsessivos. Acho que a partir de agora você vai pensar duas vezes antes de se entregar à uma tórrida, inebriante e avassaladora paixão. Só que não. Tem coisa melhor nessa vida do que se ver completamente apaixonado e correspondido? Não, não tem. E sim, somos que nem o louco do tarô nesse momento, com nosso pezinho fora do abismo nos colocando à disposição de todos os riscos recorrentes dessa delícia.

Se não acredita, dá uma olhadinho no que eu falo no vídeo! rs

Let´s falling in love!!!

E depois, se inscreva no canal! Porque é de graça e faz bem, igual paixão! <3
CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – Sexo no Primeiro Encontro
23 de novembro de 2015 at 04:26 0

Até muito pouco tempo atrás – dependendo da relatividade do “pouco tempo”, já que este tem passado tão rápido – eu achava que o sexo casual, sexo pelo sexo, sexo com alguém que eu acabara de conhecer era tão fadado ao fracasso quanto o sexo obrigatório de anos de uma relação que já não tem futuro. Eu via isso como um ato de desespero, como uma fuga de mim mesma. E, por muitas vezes, talvez tenha até sido. Mas, com o passar desse tempo cruel que não para, não importa o que aconteça - e com a maturidade batendo à porta – eu descobri que pode sim existir uma parcela mínima – menos que ínfima – de algum tipo de amor nesse ato tão impulsivo de entregar seu corpo e seu prazer à alguém de tão pouca intimidade. Mas o que é a intimidade, não é mesmo? Ela tem que começar de algum lugar. Eu não seria leviana em afirmar que isso está certo ou errado, afinal, quem sou eu na fila do pão? Mas eu, como boa geminiana curiosa e ouvinte das historias e experiências alheias, percebi que existem muitas historias de amor de sucesso que começaram não de um jantar romântico, nem de uma rosa vermelha, muito menos de um cavalheirismo em forma de um anel, mas sim de uma noite tórrida de sexo que, a princípio, tinha como único objetivo gozar. Vai saber, vai entender!! A única certeza que eu tenho é que pra nada nessa vida existe regra. O amor pode sim ser sexualmente transmissível, transmissível pela pele, pelo gosto, pela saliva, pelo cheiro, pelo toque, e, por que não, pelo gozo. A vida é curta demais pra que percamos tempo nos preocupando com convenções ou com o que a sociedade irá pensar ou como ela irá julgar nossos atos, que são nossos e de mais ninguém. Nossas vontades e desejos são pessoais e intransferíveis, isso significa que ninguém, absolutamente ninguém tem o poder de mudar nossas ânsias – infelizmente pra alguns conservadores, mas felizmente pra nós mesmos, pois só nós podemos assassinar toda e qualquer fome que nosso corpo venha a sentir. E, vamos combinar: ninguém tem nada a ver com isso!

CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – Vamos falar de tipos de pintos?
11 de novembro de 2015 at 11:33 0

Sejamos francos, sempre que conhecemos alguém interessante ficamos na expectativa do sexo. Se vai ser bom, se o cheiro da pessoa é gostoso, se a pessoa sabe fazer aquilo naquela posição que você tanto gosta, se a pessoa tem frescuras e limites ou topa coisas novas, se a pessoa vai fazer algo com você que ninguém nunca foi capaz de fazer, etecetera, etecetera, etecetera. E lógico, sem sombra de dúvida, nossa cabecinha cheia de sugestões irá imaginar como deve ser a parte íntima do eleito. Quem nunca? Quem nunca se pegou examinando por cima da roupa os peitos de uma gata e imaginando qual a sensação que deve ser ter aqueles peitos bonitos nas mãos? Quem nunca se pegou manjando rola de um moçoilo, desenhando mentalmente como seu membro deve ficar quando ereto? Se ele envereda pra um lado, se é circuncisado ou não, qual seu tamanho e dimensão e que tipo de performances ele pode ser capaz de fazer. E a vizinha, será que tem grandes lábios carnudos? É humano passear mentalmente por dentro das roupas da pessoa a quem dedicamos nosso desejo carnal, somos feitos de carne e osso e temos sangue latino correndo nas veias. E depois que descobrimos todas as formas corporais e performáticas do nosso alvo sexual é normal dar – pelo menos – um pequeno spoiler à uma amiga, um amigo, dois talvez, dependendo da intimidade até numa roda inteira de amigos. Afinal, que graça teria guardar tudo pra gente? Com a mais absoluta certeza nosso eleitorado também imagina coisas infinitas acerca do nosso corpo e dos nossos talentos amorosos e, obviamente, também divide suas impressões com os amigos íntimos. E sabe-se lá quantos amigos íntimos essa pessoa tem.

Fiquem tranquilos meninos, não estamos aqui pra falar mal de nenhum tipo de pinto e muito menos pra traumatizar quem quer que seja, são apenas pequenas observações sobre o corpinho de vocês, que nós, mulheres apaixonadas por vocês, e os gays também apaixonados por vocês, adoramos! Espero que gostem, se divirtam e, claro, se identifiquem com algum dos formatos citados aqui. Depois me conta qual tipo é o seu.

Aproveita e clica nesse vídeo que eu fiz sobre "Tipos de Pinto"!

CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – A atual do Ex.
25 de outubro de 2015 at 23:00 0

O que fazer quando descobrimos que nosso ex-namorado, com o qual rompemos há muito pouco tempo, já está de namorada nova?novadoex

Ainda nem nos recuperamos da saudade, da dor, da tristeza e o danado já está lá, num novo romance, gritando aos quatro ventos a sua paixão, postando fotos românticas, fazendo declarações públicas, dilacerando ainda mais nosso coração – como se fosse preciso. No mínimo vamos nos sentir a última das abandonadas, das preteridas, das rejeitadas. Vamos querer saber tudo a respeito dessa nova criatura que agora ocupa o lugar que outrora nos pertencia, vamos nos castigar, nos culpar e, muitas vezes, até nos humilhar. Vamos chorar todas as noites até pegar no sono. A vida vai ficar cinza, vamos perder o apetite e emagrecer uns 18 quilos – porque tudo tem seu lado bom – e, teremos a mais absoluta certeza de que jamais iremos nos apaixonar novamente. Mas ai, minha gente, quando menos esperarmos, vamos tropeçar com alguém na rua e vamos nos apaixonar novamente e começar tudo novo de novo. E a nova pessoa que agora ocupa esse lugar exclusivo de namorado, algum dia também já namorou outra pessoa, que nesse exato momento poderá estar se descabelando por ele da mesma forma que nós nos descabelamos pelo ex.

exxxA vida é ou não é uma roda gigante? Uma hora embaixo, outra hora em cima, outra embaixo, outra em cima e assim essa roda vai girar pra todo sempre. Não sabemos o dia de amanhã, mas uma coisa é certa: ex-namorado é quem nem vestido, um dia você olha uma foto antiga e não acredita que um dia teve coragem de sair com aquilo!

Veja o vídeo e diga se você concorda comigo!

CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador
#AmorNoVentilador – Adolescência!
25 de outubro de 2015 at 22:31 0

Quando somos adolescentes temos tantas questões, tantas dúvidas. Não sabemos se casamos ou se compramos uma bicicleta. Não sabemos o que fazer com tantas vontades, com tantas curiosidades, com tanta fome que temos dentro da gente de conhecer o mundo, as pessoas, os gostos, as ondas e a nós mesmos. Inspira. Expira. Sofremos com nossas interrogações, sofremos com as respostas dos “adultos” às nossas vontades não concebidas, sofremos com paixões platônicas, sofremos com nossa falta – ou excesso – de coragem, sofremos com nosso sofrer. Uma hora queremos ser notados, colocar um holofote sobre nossas cabeças pra que todos olhem em nossa direção, escutem nossas bobagens e riam com elas ou escutem os nossos gritos mudos e nos salvem daquilo que também não entendemos. Outra hora queremos que o chão se abra e nos engula, nos levando pro centro da Terra onde ninguém nunca mais vai nos ver ou saber de nossa insignificante existência. Inspira. Expira. Nessa época somos obrigados a decidir que profissão iremos seguir pro resto de nossas vidas, não queremos mais depender dos pais, e, uma vez que já vencemos há muito tempo os monstros do armário, não sabemos se estamos preparados pros monstros que habitam o mundo lá fora. Muita vontade e pouca experiência. Muita interrogação e pouco colo, afinal, já não cabemos mais nele. Muita disposição, mas muito, muito frio na barriga. Isso sem falar no nosso corpo que já tem formas diferentes e às vezes nos dá a impressão de estarmos dentro do corpo errado. Um pelo num lugar esquisito, as espinhas que insistem em nascer na ponta do nariz, os braços que cresceram rápido demais e o resto do corpo ainda não acompanhou e por aí vai.

Inspira. Expira. Eita fasezinha confusa, estranha e... feliz! Não existe outra fase de tantas transformações e descobertas como essa. Normalmente é quando conhecemos os amigos que vão estar ao nosso lado pro resto das nossas vidas, experimentamos aventuras como dirigir um carro, sair a noite pra dançar, o primeiro beijo na boca, a independência, o primeiro porre, a primeira transa, viajar com os amigos. Ainda vamos fazer muito de tudo isso ao longo da vida, mas nunca mais vai ser a primeira vez. Isso porque ainda não aprofundamos os assuntos do coração, aquela sensação desconhecida do coração disparando, as pernas bambeando, a cabeça entrando em parafuso, mas posso garantir que essa parte, ao contrário das outras, não vai mudar muito com o decorrer da vida. Paixão é paixão em qualquer idade. Vai se acostumando!

Inspira e vai. Rumo ao desconhecido.

Dá uma olha no vídeo que eu fiz com a querida escritora Thalita Rebouças sobre Adolescência!

 
CONTINUE READING ...
Amor No Ventilador, News
Outubro Rosa: É tempo de se amar! Saiba mais sobre prevenção e fatores de risco!
8 de outubro de 2015 at 04:40 0

O movimento Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades.

Outubro-Rosa laçoA história do Outubro Rosa começou quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida todos os anos na cidade.

Separamos algumas dicas de prevenção e fatores de risco pra você se informar e se amar mais!

Prevenção

Frequência de exames: É importante a prática do auto-exame para conhecimento e percepção do corpo, e do exame clínico com profissional de saúde treinado e qualificado para melhor detecção; Em mulheres com menos de 40 anos, pelo menos a cada três anos devem se examinar com um médico; Para as mulheres com existência de fator de risco, o exame clínico e a mamografia são indicados anualmente a partir dos 35 anos de idade; Mulheres com mais de 40 anos, sem o fator de risco – os exames devem ser feitos anualmente ou a critério médico; Mulheres entre 50 e 69 anos deve-se fazer uma mamografia pelo menos a cada dois anos; Nas mamografias regulares é que se pode descobrir o câncer cedo inicialmente, de dois a cinco anos antes de o tumor ficar grande o bastante para senti-lo como um caroço; Outros cuidados:
  • Portanto, manter o peso corporal numa faixa saudável, seguir uma dieta com baixo teor de gordura animal e pouca carne vermelha, mas dentro do possível, com grande quantidade de legumes, verduras e frutas;
  • Praticar exercícios físicos regularmente.
  •  Não fumar e limitar o uso de bebidas alcoólicas;
  • Procurar levar a vida numa boa, evitando o estresse que gera fadiga, ansiedade, insônia, náusea, irritabilidade;

1939454_872020236171063_5408312937147813603_n

Fatores de risco

Os fatores de risco envolvem a paciente da seguinte maneira: comportamento alimentar, comportamento corporal e carga genética pessoal e familiar. O câncer de mama é mais comum em mulheres acima de 50 anos. Quanto maior a idade maior a chance de desenvolver este câncer. Mulheres com menos de 20 anos raramente têm este câncer. Para certas pacientes, o histórico familiar é considerado como indício de fator de risco, mas isso não quer dizer que esta paciente necessariamente terá câncer; Histórico ginecológico: Nuliparidade – não ter tido filhos; Engravidar pela primeira vez tarde (após os 35 anos) é fator de risco; Menstruar muito cedo (com 11 anos ou antes) ou parar de menstruar muito tarde, acaba expondo a mulher mais tempo aos hormônios femininos aumentando assim o risco; Exposição excessiva a hormônios: Terapia de reposição hormonal (hormônios usados para combater os sintomas da menopausa); Uso de anticoncepcional oral (pílula) tomado por muitos anos; Mulheres obesas têm mais chance de desenvolver câncer de mama, principalmente quando este aumento de peso se dá após a menopausa ou após os 60 anos. Procedimento cirúrgico de retirada dos ovários, diminui o risco de desenvolver o câncer de mama por diminuir a produção de estrogênio (menopausa cirúrgica); Fontes e mais informações: http://www.fundacaolacorosa.com/sobre-cancer-de-mama/ e http://outubrorosa.org.br/ Veja agora esses dois vídeos de um minuto que o canal Amor No Ventilador fez para divulgar o Outubro Rosa e difundir o amor próprio entre as mulheres! Se ame, se cuide! https://www.youtube.com/watch?v=Uhji7XLsIn0 https://www.youtube.com/watch?v=bBsS6P8vNgI      
CONTINUE READING ...